O sono na melhor idade: a importância de dormir bem


Quando a idade chega, as pessoas vão para cama mais cedo e também levantam mais cedo. Além disso, o sono dos idosos é muito leve: despertam com mais facilidade e, por isso, não conseguem dormir por horas seguidas. 

 

Ter uma boa noite de sono é muito importante. É durante o sono que o organismo produz hormônios importantes, como o cortisol, e que acontece a renovação celular.

 

A POSIÇÃO DE DORMIR

 

Especialistas indicam que as duas posições mais saudáveis para dormir são de lado, com um travesseiro entre as pernas, ou de barriga para cima, com uma almofada embaixo dos joelhos, para descansar as pernas. O ideal é que todo mundo siga essas recomendações, mas isso nem sempre é possível. Afinal, não adianta nada você dormir alinhado se isso afetar a qualidade do seu sono.

 

Aliás, a qualidade do sono de idosos pode ser melhorada com o tipo de travesseiro escolhido. Converse com especialistas, pesquise as melhores marcas, entenda como funciona cada material. Assim, você terá maior chances de acertar na compra e ter em casa um modelo que é perfeito para as suas necessidades na hora de dormir.

 

POR QUE O TRAVESSEIRO INFLUENCIA A QUALIDADE DO SONO DE IDOSOS? 

 

A dificuldade de adormecer, as interrupções durante o sono e as possíveis dores musculares e na coluna são alguns dos problemas que atrapalham a boa qualidade do sono dos idosos. Por isso, o travesseiro deve ser um aliado desse momento. Alguém que prefere dormir de barriga para cima, por exemplo, mas escolhe um modelo muito alto ou muito baixo, pode ficar desconfortável, atrapalhando ainda mais a qualidade do sono. Portanto, é fundamental escolher travesseiros que vão ajudá-lo a ter uma noite saudável e tranquila.

 

QUAIS SÃO OS TIPOS MAIS COMUNS DE TRAVESSEIRO?

1. ESPUMA COMPACTA

São os travesseiros formados por um bloco de espuma de poliuretano. Possuem resistência e não deformam facilmente com o uso. Podem ser usados por quem não muda de posição enquanto dorme. A Fibrasca possui espumas com tecnologia aerada, leve e lavável.

2. PLUMAS OU PENAS DE GANSO

Macios e confortáveis devido à acomodação das penas, são os mais tradicionais do mercado e considerados os mais nobres. Também são biodegradáveis. A Fibrasca não fabrica travesseiros com plumas ou penas reais, e sim com material sintético, evitando assim o maltrato de animais.

3. FIBRA SILICONADA

Esse enchimento é formado por fibras de poliéster siliconado em formato esférico. São travesseiros macios e leves, mas com certa firmeza. Além disso, alguns modelos são laváveis, mas nem todas as marcas oferecem isso.

5. LÁTEX

O látex pode ser natural (retirado das seringueiras) ou sintético. As opções Fibrasca oferecem as características de densidade, toque e peso semelhantes aos do natural. De modo geral, são confortáveis e frescos, servindo a todas as posições de dormir. O látex sintético não provoca alergias para pessoas que são alérgicas ao látex natural.

  1. ESPUMA VISCOELÁSTICA

Também são conhecidos como travesseiros com tecnologia da NASA ou espuma com memória. Essa espuma tem alta resiliência, isto é, retorna à forma original tão facilmente quanto se amolda ao formato da cabeça. Assim, apesar de mais densos, esses travesseiros mantêm uma postura correta da coluna cervical e favorecem a circulação. Previnem desconfortos — dores no pescoço, do

Agora que você conhece melhor os tipos de travesseiros, escolha aquele que vai proporcionar o melhor repouso, principalmente se você estiver na melhor idade. As opções Fibrasca são excelentes!

Previous Travesseiro gelado nos dias frios é coisa do passado
This is the most recent story.